quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O SORRISO DOS OLHOS (TULIO SOUZA/PIERO ERENO)

A paz é o sorriso que verte dos olhos
De quem têm nos olhos os olhos de alguém
A paz se acomoda nas mãos o carinho
Fazendo seu ninho a paixão de quem tem

Podia ser patas riscando o campo
Pois ter liberdade também e ter paz
Mas quis ser o brilho mais puro e singelo
Que o riso sincero que teus olhos me traz

A paz pode ser de campo e de rio
Ser livre ao galope ser calma ou remanso
Mas tenho uma paz que toma meu peito
Que doma meu jeito
Num beijo me amanso

A linda morena que afaga Minh' alma
É um rio de carinho na calma do poço
Te peço morena alaga meu campo
Com águas de amor da vida este moço

Podia ser barco sem remo a deriva
Vagando em silencio num rio sem fim
Mas quis o destino que fossem luzeiros
Teus olhos pequenos sorrindo pra mim

Nenhum comentário:

Postar um comentário