domingo, 31 de outubro de 2010

MOMENTOS DA OFICINA RECONSTRUINDO NA EXPOFEIRA DE JAGUARÃO


QUANDO TODOS OUVIREM MEU CANTO

O MEU CANTO A DE SE ESPALHAR
NOS OUVIDOS DO MUNDO
PELAS FENDAS DOS OSSO DO VERBO
PELAS OFICINAS DE TRANSFORMAÇÕES
QUE À NOITE DEIXAM SUAS FUMAÇAS
POLUÍREM A RUELAS
ESQUINAS
BECOS
CAMAS
E BANCOS DE JARDIM,
O MEU CANTO ESPREMIDO
SUFOCADO
AMORDAÇADO
SALTARÀ LIVRE
PELA BOCA DA AURORA
ATÉ OS OUVIDOS DO CREPÚSCULO.
O MEU CANTO DE PROTESTO
TERÁ O VAZIO DOS PRATOS DO POBRE
A AUSÊNCIA DE VESTES NO CORPO
A FRAQUEZA DOS OLHOS SEM LUZ.
MAS ENTOADO PELA VOZ DA SOLIDARIEDADE
QUEBRARÁ OS CRISTAIS DA ARROGÂNCIA NOS SALÕES GRANFINOS
QUEBRARÁ OS ESPELHOS DA FALSIDADE.
NESSE DIA ENTÃO TUDO MUDARÁ:

O HOMEM SERÁ MAIS LIVRE
A VIDA
O MUNDO
AS COISAS...
TUDO TERÁ MAIS AMOR!
AÍ ENTÃO,TEREI A CERTEZA BELISCANDO MEU
PENSAMENTO
COM O SEU DEDO AGUDO:SOMOS TODOS
GENTE E NÃO MÁQUINAS!









MEU PAI ( MOMENTOS DA EXPOSIÇÃO)


MEU PAI É UM ÍNDIO DO CAMPO
QUE VEIO LÁ DA COXILHA
DEIXANDO SUA TROPILHA
NO CORREDOR LÁ NO FUNDO

EU LEMBRO A CADA SEGUNDO
E FALO A MEUS COMPANHEIROS
MEU PAI É UM ÍNDIO CAMPEIRO
PRA MIM O MELHOR DO MUNDO

ESTA É A LUZ DA RAZÃO
QUE ILUMINA MEU VIVER
PARA A TRADIÇÃO ENTENDER
QUE SOU DE BOA SEMENTE

POIS SOU GAÚCHO,SOU GENTE
MINHA TRADIÇÃO NÃO CAI
SOU FILHO QUE TEM UM PAI
QUE ALÉM DE TAURA É VALENTE

MEU PAI É AQUELE PAI
DO ALICERCE AO TELHADO
ELE SEMPRE TEM TRABALHADO
PRA SUSTENTAR A QUERÊNCIA
ELE É UM MARCO DE COMPETÊNCIA
TEM PULSO FIRME E TEM RAÇA
O SEU EXEMPLO NÃO PASSA
REINA NA MINHA EXISTÊNCIA

EMBORA HOJE MEU PAI
EU JÁ SOU UM PIÁ CRESCIDO
MAS ESTOU AGRADECIDO
POR ME ENSINAR A SER HONESTO
SEM NUNCA ENCABEÇAR PROTESTO
O SEU AMOR É SEM FIM
PAI PRA TI VOU FALAR ASSIM
VOCÊ É JÓIA QUE NÃO TEM PREÇO
MAIS UMA VEZ AGRADEÇO
POR TUDO QUE FEZ POR MIM.


AMÉLIO HENICA

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

 
Posted by Picasa

A COR DO POEMA

NÃO SEI FAZER VERSOS GRISES.
CONTORNO,RETORNO E LÁ VEM
AS CORES CAMUFLADAS NAS PALAVRAS
VELADAS,MAS COBERTAS
PELA FUMAÇA DO ARCO-ÍRIS.
SEI QUE A VIDA,ÀS VEZES,SE RESSENTE DE BRILHO
E O POETA CARREGA UM RIO NOS OLHOS...
MAS O POEMA!AH!O POEMA...
NO SEU SILÊNCIO CALOROSO,
REVELA A RESISTÊNCIA DAS MANHÃS DE SOL
E QUAL UM CHAFARIZ NO MEIO DA PRAÇA,
PARECE DIZER:-BOM DIA,AQUARELA!

BASILINA PEREIRA

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A FÁBULA-MITO DO CUIDADO ESSENCIAL OU A "FÁBULA DE HIGINO"

CERTO DIA,AO ATRAVESSAR UM RIO,CUIDADO VIU UM PEDAÇO DE BARRO.LOGO TEVE UMA IDEIA INSPIRADA.TOMOU UM POUCO DO BARRO E COMEÇOU A DAR-LHE FORMA.ENQUANTO CONTEMPLAVA O QUE HAVIA FEITO APARECEU JÚPITER.
CUIDADO PEDIU-LHE QUE SOPRASSE ESPÍRITO NELE.O QUE JÚPITER FEZ DE BOM GRADO.QUANDO,PORÉM,CUIDADO QUIS DAR UM NOME À CRIATURA QUE HAVIA MOLDADO,JÚPITER O PROIBIU.EXIGIU QUE FOSSE IMPOSTO O SEU NOME.
ENQUANTO JÚPITER E CUIDADO DISCUTIAM,SURGIU,DE REPENTE A TERRA.QUIS TAMBÉM ELA CONFERIR O SEU NOME À CRIATURA,POIS FORA FEITA DE BARRO,MATERIAL DO CORPO DA TERRA.ORIGINOU-SE ENTÃO UMA DISCUSSÃO GENERALIZADA.DE COMUM ACORDO PEDIRAM A SATURNO QUE FUNCIONASSE COMO ÁRBITRO.ESTE ESPÍRITO POR OCASIÃO DA MORTE DESSA CRIATURA.
VOCÊ,TERRA,DEU-LHE O CORPO;RECEBERÁ,PORTANTO,TAMBÉM DE VOLTA O SEU CORPO QUANDO ESSA CRIATURA MORRER.
MAS COMO VOCÊ,CUIDADO,FOI QUEM,POR PRIMEIRO,MOLDOU A CRIATURA,FICARÁ SOB SEUS CUIDADOS ENQUANTO ELA VIVER.
E UMA VEZ QUE ENTRE VOCÊS HÁ ACALORADA DISCUSSÃO ACERCA DO NOME,DECIDO EU:ESTA CRIATURA SERÁ CHAMADA HOMEM,ISTO É,FEITA DE HÚMUS,QUE SIGNIFICA TERRA FÉRTIL.
ASSIM,CUIDADO É A VERDADEIRA ESSÊNCIA DO SER HUMANO.NÃO TEMOS CUIDADO.
SOMOS CUIDADO.É UM MODO-DE-SER SINGULAR DO HOMEM E DA MULHER.SEM CUIDADO DEIXAMOS DE SER HUMANOS.
CUIDA BEM DE TI.
CUIDA BEM DO OUTRO.
CUIDA BEM DE NÓS.
CUIDA BEM DA TERRA!

*ESCRAVO EGÍPCIO DE CÉSAR AUGUSTO,AUTOR DA FÁBULA-MITO DO CUIDADO ESSENCIAL BOFF,LEONARDO.SABER CUIDAR:ÉTICA DO HUMANO-COMPAIXÃO PELA TERRA.3.ED.PETRÓPOLIS:VOZES,1999

domingo, 24 de outubro de 2010

A EDUCAÇÃO É A CAPACIDADE DE PERCEBER AS CONEXÕES OCULTAS ENTRE OS FENÔMENOS. VÁLCLAV HAVEL

PEQUENOS APONTES SOBRE A SAUDADE

Frágil teia que se rompe sem se ver
Sem que ninguém saiba a hora e o lugar
De repente chega o anoitecer
E a manhã de sol que já não mais virá

Restam fotos de saudade nas paredes
E na rede só o vento a se embalar
Restam ruas sem o ressoar dos passos
E os abraços que não pode mais se dar

Uma voz que se erguia em rebeldia
Se rendeu às armadilhas do silêncio
Um sorriso em que cabia toda a paz
Não é mais que lembrança de momento
Um olhar que incendiava o sol
É farol que se apagou em nosso tempo

Que fronteira que se cruza num segundo
E nos deixa sempre o mundo mais vazio
Que universo que o verso não alcança
Que distância que só vence quem partiu!

Há um rastro dessa ausência nas canções
E mil razões que não têm como explicar
Há um nome que a saudade sempre lembra
E um poema que ainda espera o seu final!


Martim César

SAUDADE DE MINHA TERRA (CHITÃO& XORORÓ)

De que me adianta viver na cidade
Se a felicidade não me acompanhar
Adeus, paulistinha do meu coração
Lá pro meu sertão, eu quero voltar
Ver a madrugada, quando a passarada
Fazendo alvorada, começa a cantar
Com satisfação, arreio o burrão
Cortando estradão, saio a galopar
E vou escutando o gado berrando
Sabiá cantando o jequitibá

Por nossa senhora,
Meu sertão querido
Vivo arrependido por ter deixado
Esta nova vida aqui na cidade
De tanta saudade, eu tenho chorando
Aqui tem alguém, diz
Que me quer bem
Mas não me convém,
Eu tenho pensado
Eu digo com pena, mas esta morena
Não sabe o sistema que eu fui criado
To aqui cantando, de longe escutando
Alguém está chorando,
Com rádio ligado

Que saudade imensa do
Campo e do mato
Do manso regato que
Corta Campinas
Aos domingos ia passear de canoa
Nas lindas lagoas de águas cristalinas
Que doce lembrança
Daquelas festanças
Onde tinham danças e lindas meninas
Eu vivo hoje em dia sem Ter alegria
O mundo judia, mas também ensina
Estou contrariado, mas não derrotado
Eu sou bem guiado pelas
mãos divinas

Pra minha mãezinha já telegrafei
E já me cansei de tanto sofrer
Nesta madrugada estarei de partida
Pra terra querida que me viu nascer
Já ouço sonhando o galo cantando
O nhambu piando no escurecer
A lua prateada clareando a estrada
A relva molhada desde o anoitecer
Eu preciso ir pra ver tudo ali
Foi lá que nasci, lá quero morrer

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

SONETO


POR JOSÉ BONIFÁCIO,O MOÇO


DESERTA A CASA ESTÁ...ENTREI CHORANDO,
DE QUARTO EM QUARTO,EM BUSCA
DE ILUSÕES
POR TODA A PARTE AS PÁLIDAS VISÕES!
POR TODA A PARTE AS LÁGRIMAS FALANDO!

VEJO MEU PAI NA SALA,CAMINHANDO,
DA LUZ DA TARDE AOS TÉPIDOS CLARÕES,
DE MINHA MÃE ESCUTO AS ORAÇÕES
NA ALCOVA,AONDE AJOELHEI REZANDO.

BRINCAM MINHAS IRMÃS
(DOCE LEMBRANÇA!...),
NA SALA DE JANTAR...AI!MOCIDADE,
ÉS TÃO VELOZ,E O TEMPO NÃO DESCANSA!

OH!SONHOS,SONHOS MEUS
DE CLARIDADE!
COMO É TARDIA A ÚLTIMA ESPERANÇA!...
MEU DEUS,COMO É TAMANHA
ESTA SAUDADE!...




(JOSÉ BONIFÁCIO,O MOÇO .POESIAS.SÃO PAULO:CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA,1962.P.247)

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

CONDIÇÃO DO HÁBITO



jamais consegui ser pouco
com o tempo fui encolhendo

e ressurgindo em asas
zanzei pelo desvelo de ser

triste

cometi agruras e guardei

algumas poucas e necessárias
euforias

cumpro o rasgo que me cabe
quando por inteiro me revelo
em derme e em pelo


e no que há de espesso
ou mesmo sincero avesso

Lau Siqueira

KALUNGA


KALUNGA É POETA,CONTISTA,ANIMADOR CULTURAL,COMPOSITOR,OFICINEIRO E PALESTRANTE.ELE SERÁ O PATRONO DA 2ª FEIRA BINACIONAL DO LIVRO DE JAGUARÃO.
SEU NOME É CARLOS HERÁCLITO MELLO NEVES.NATURAL DE JAGUARÃO,RESIDE ATUALMENTE EM CAXIAS DO SUL(RS).
KALUNGA ESTARÁ EM JAGUARÃO DO DIA 20 AO DIA 28 DE NOVEMBRO NA 2º FEIRA BINACIONAL DO LIVRO.

SEGREDO DO AMOR

MINHA VISÃO DO AMOR:
DEFINE-SE NA MÃO ESTENDIDA
NO SORRISO ABERTO,
NA MÃO QUE SEGURA.
É LUZ QUE BRILHA
NA NOITE DOS DIAS,
A BANDEIRA DO SONHO
E SOL QUE PENETRA NA ALMA
AQUECENDO OS DIAS,
ENVOLVENDO O CORAÇÃO.

É MÃO ESTENDIDA
MOSTRANDO CAMINHOS
NA TERNURA CONTIDA NA NATUREZA
FORTALECENDO LIÇÕES DE VIDA.

AMOR,ALGO INDEFINIDO;PORÉM SENTIDO.
ETÉREO,BRINDA NOSSA VIDA DE ALEGRIAS
E NOS FAZ SONHAR,ACREDITAR E ATÉ CANTAR.

FAZ O SOL BRILHAR
E MUSAS BAILAREM.
A VIDA FICA CHEIA DE TERNURA,
E PARECE QUE VIVEMOS
SEMPRE SONHANDO
E NÃO QUEREMOS ACORDAR.

ENTÃO TUDO É MOTIVO PARA APERFEIÇOAR
EMOÇÕES NO VERÃO:
NÃO HÁ LUGAR PARA TRISTEZAS,
MESMO QUANDO UMA CHUVA BATE DE LEVE.
MOLHANDO OS OLHOS EM TEMPO DE INCERTEZA.
NESTAS HORAS É MELHOR ACREDITAR
QUE O JARDIM VAI BROTAR,
NOVAS FLORES DESABROCHANDO NO CORAÇÃO
SEMPRE DISPOSTO A UM NOVO FLORESCER.
ESTE O SEGREDO DO AMOR.


DOROTY DIMOLITSAS

PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO INICIA SUAS AULAS!



O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO INICIA SUAS AULAS COM NOVAS TURMAS QUE DEVERAM CONCLUIR OS OITO MESES DE ALFABETIZAÇÃO,DANDO A OPORTUNIDADE DE TODOS OS ALUNOS VENCEREM E CONQUISTAREM MAIS UMA ETAPA ONDE O GRANDE OBJETIVO É SAIR LENDO E ESCREVENDO,ESSA É UMA OPORTUNIDADE QUE OS ALUNOS NÃO TIVERAM NA FASE DE ESCOLARIZAÇÃO.O PROGRAMA TAMBÉM VISA O INCENTIVO A QUALIDADE DE VIDA E TRABALHA A AUTO ESTIMA PARA QUE OS SONHOS SEMPRE POSSAM SER REALIZADOS.A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO JUNTO A EQUIPE PEDAGÓGICA E AS PROFESSORAS ALFABETIZADORAS ESTÃO EMPENHADAS PRA QUE SEJA MAIS UM SUCESSO NESTA NOVA ETAPA DO PROGRAMA.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

UNIPAMPA REALIZA CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE JAGUARÃO E ARROIO GRANDE.






NO PRIMEIRO ENCONTRO QUE OCORREU DIA 18/10/10,TIVERAM A PRESENÇA DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA ,PROFESSORAS DO PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO E ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA.O PRIMEIRO DIA DO ENCONTRO FOI REALIZADO PELO PALESTRANTE PROF.ESP.NILSON BORGES FERREIRA IF-SUL-RIOGRANDENSE ONDE DESTACOU O TEMA SUGERIDO DA NOITE."VIVÊNCIAS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL:ATITUDES EDUCADAMENTE CORRETAS.PRÓXIMO ENCONTRO SERÁ DIA 25/10/10 COM O TEMA EM DESTAQUE:ECOGATO E ECOLOGIA ONÍRICA COM A PROFª MSC.MARA GRIPINA MESTRE EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO.

A LENDA DO MATE (MISSÕES)


NO TEMPO DOS TAPES,UMA TRIBO DE FALA GUARANI ERA CHEFIADA POR UM CACIQUE DE LARGA FAMA,SÁBIO,PRUDENTE E BRAVO.NÃO TINHA FILHO QUE PUDESSE UM DIA CHEFIAR A TRIBO,APENAS UMA FILHA,CAÁ-YARI,BELÍSSIMA,POR SINAL QUE.
AO ENVELHECER ESSE CACIQUE,O MANDO DA TRIBO PASSOU PARA O GUERREIRO MAIS FORTE E DESTEMIDO,JUSTAMENTE AQUELE PELO QUAL CAÁ-YARI ESTAVA APAIXONADA EM SEGREDO.ERA COSTUME DA TRIBO QUE AS MULHERES JOVENS ACOMPANHASSEM OS GUERREIROS EM SUAS EXCURSÕES DE CAÇA,PESCA OU A GUERRA E O NOVO CHEFE CONVIDOU CAÁ-YARI PARA IR COM ELE,ASSIM QUE ASSUMIU O COMANDO .ELA,PORÉM,DISSE NÃO,PENSANDO NO VELHO PAI QUE DEVIA CUIDAR PARA QUE NADA LHE FALTASSE.
O VELHO CACIQUE SENTIU A TRISTEZA DA FILHA MUITO AMADA.VAI ENTÃO PEDIU A TUPÃ UM AMIGO QUE LHE FIZESSE COMPANHIA NAS HORAS DE SOLIDÃO E EM SONHOS A DIVINDADE ÍNDIA QUE LHE APONTOU UMA ÁRVORE MUITO VERDE E LUSTROSA,ENSINANDO AO ANTIGO GUERREIRO A CORTAR O PORONGO,A TRANÇAR A BOMBA DE TAQUARA(TACUAPI) E A SECAR E A TORRAR E A ESMIGALHAR AS FOLHAS DA ERVEIRA,PREPARANDO ASSIM UMA BEBIDA DELICIOSA,O CAÁ-Y,O MATE,O CHIMARRÃO.
E ASSIM CAÁ-YARI PODE ACOMPANHAR O SEU AMADO E O VELHO CACIQUE GANHOU UM COMPANHEIRO PARA AS HORAS DE SOLIDÃO.E QUANDO CAÁ-YARI MORREU,ELA FOI TRANSFORMADA EM PROTETORA DA ERVA-MATE,DEUSA ÍNDIA DOS ERVAIS GAÚCHOS,CUJO AMOR DÁ VENTURA E CUJA VINGANÇA É TERRÍVEL,COMO PADROEIRA DOS ERVATEIROS.


BARBOSA LESSA

sábado, 16 de outubro de 2010

VIDA


QUE INCENDEIA IDÉIAS,QUE APAGA PLANOS
IMPULSIONA ATOS,COBRA EM DESENGANOS
QUE ME JOGA FLORES SEM TIRAR ESPINHOS
PERDOANDO ERROS NOS MEUS DESCAMINHOS.
QUE CHEIA DE AMORES,TRAZ TANTOS TEMORES
QUE ABRE FERIDAS COM AS DESPEDIDAS
DAS COISAS AMADAS E DEPOIS TIRADAS.
QUE ME DÁ ALEGRIAS,QUE SE FAZ POESIA
COM FELICIDADES,MIL CONTRARIEDADES.
DOS TOMBOS CAÍDOS,DE TANTOS GEMIDOS
QUE APAGA O MEU CHORO,QUE ACENDE O MEU RISO
QUE ME PREGA PEÇAS...SEM MANDAR AVISO.
MAS VIDA QUE EU AMO TÃO INTENSAMENTE
E A DEUS EU PEÇO,INSISTENTEMENTE
QUE ME DÊ MAIS VIDA E TUDO O QUE ELA ENCERRA
POIS APESAR DE TUDO...ESTA VIDA É BELA!!

OLHAR

 
Posted by Picasa

SONHOS

QUANDO A NOITE DESCE
E ME ADORMENTO
OS SONHOS,OS DOCES SONHOS
ABREM A PORTA
ENTRAM DEVAGARINHO
E ME LEVAM PARA TI


ROSÂNGELA SCHEITHAUER

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

"MUITA COISA NA VIDA A GENTE APRENDE COM QUEM VEIO ANTES
DA GENTE!MINHA MÃE ME DEU MUITAS RECEITAS-DESDE
BOLOS E COMIDAS ATÉ SÁBIAS SOLUÇÕES
É A PARTIR DELAS QUE FAÇO MINHA HISTÓRIA...
NEM PIOR,NEM MELHOR,APENAS DIFERENTE!
REINVENTANDO-AS;REINVENTANDO-ME!!"

SIMONE ANADON
 
Posted by Picasa

...UMA TROCA!

 
Posted by Picasa

FALANDO EM CULTURA!

JAGUARÃO NO 4º SEMINÁRIO PATRIMÔNIO CULTURAL EM MINAS GERAIS

FRETE-RENATO TEIXEIRA


Eu conheço cada palmo desse chão
é só me mostrar qual é a direção
Quantas idas e vindas meu deus quantas voltas
viajar é preciso é preciso
Com a carroceria sobre as costas
vou fazendo frete cortando o estradão

Eu conheço todos os sotaques
desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
pois a vida não me cobra o frete

Por onde eu passei deixei saudades
a poeira é minha vitamina
Nunca misturei mulher com parafuso
mas não nego a elas meus apertos
Coisas do destino e do meu jeito
sou irmão de estrada e acho muito bom

Eu conheço todos os sotaques
desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
pois a vida não me cobra o frete

Mas quando eu me lembro lá de casa
a mulher e os filhos esperando
Sinto que me morde a boca da saudade
e a lembrança me agarra e profana
o meu tino forte de homem
e é quando a estrada me acode

Eu conheço todos os sotaques
desse povo todas as paisagens
Dessa terra todas as cidades
das mulheres todas as vontades
Eu conheço as minhas liberdades
pois a vida não me cobra o frete

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

CANÇÃO PARA NINAR A PAZ


NÃO SONHAR É ESTAR MORTO.
NÃO ALIMENTAR PAIXÕES É ENCONTRAR-SE PERDIDO
PELOS CAMINHOS...SÃO AS PAIXÕES QUE NOS ALIVIAM
AS TENSÕES
QUE DEFINEM NOSSOS INTERESSES.
CADA PESSOA TEM A SUA,E SÃO ELAS QUE TRAÇAM
OS RUMOS
DE NOSSO CAMINHAR.

NINGUÉM TEM O DIREITO DE JULGAR
SOBRE AS PAIXÕES QUE NOS CONSOMEM...
APAIXONAMO-NOS POR VALORES,POR PESSOAS,
CADA UM SEGUE SEU CAMINHO
CONFORME SUA CAPACIDADE E VONTADE!

A PAIXÃO-ESTE ESTADO INCOERENTE!
MELHOR SERIA SE PAIXÃO E RAZÃO ANDASSEM JUNTAS,
COM PRUDÊNCIA E PACIÊNCIA...

PAIXÕES FÁCEIS E TENTADORAS
TÃO DIFÍCIL LARGÁ-LAS...
TÃO DIFÍCIL ABRAÇAR-FIRME E DECIDIDAMENTE-
QUEM ILUMINA NOSSA VIDA,ALIMENTA NOSSO SER,
ACARICIA NOSSOS PENSAMENTOS,PERFUMA COM FLORES
NOSSO ANDAR...

PAIXÕES QUE CAUSAM CONFLITOS,
DORES,GUERRAS,FOME,MISÉRIA,VIOLÊNCIA,
PAIXÕES QUE NOS CEGAM E NOS TRANSMUTAM
EM VILÕES DA HUMANIDADE,
QUE DESESTRUTURAM A FAMÍLIA,
QUE QUEIMAM FLORESTAS,QUE POLUEM OS RIOS,
QUE AGRIDEM A TERRA,QUE MATAM TANTAS CRIANÇAS,
QUE TORNAM TANTOS INDIGENTES E DEIXAM O URSO POLAR
SEM LAR!

PAIXÕES!...
E SE NOS APAIXONÁSSEMOS POR NÓS,IRMÃOS DESTA
SENDA?!
SE NOS AMÁSSEMOS MAIS,TERÍAMOS UM MUNDO
MAIS SENSÍVEL,
CELEBRARÍAMOS A PÁSCOA DEFINITIVA!
E PASSARÍAMOS DA VIOLÊNCIA PARA A PAZ,
DA GUERRA PARA O AMOR,DO ÓDIO AO PERDÃO,
DA DESIGUALDADE PARA A COMUNHÃO...

E NÃO HAVERIA LÁGRIMAS,E NÃO HAVERIA DOR,
E NÃO HAVERIA VIOLÊNCIA...
NEM JOÃO HÉLIO MORRERIA,MUITO MENOS AS MARIAS...
NEM AS FLORES MURCHARIAM,
NOS PRATOS TERÍAMOS COMIDA,
NOS POSTOS OS MÉDICOS ATENDERIAM,
NA FAVELA EXISTIRIA O DIREITO DE SONHAR,
A DIVISÃO SERIA EQUITATIVA,
OS POLÍTICOS...ESTES NÃO SERIAM NECESSÁRIOS...

CORRESPONDERÍAMOS AO GRANDE AMOR QUE HERDAMOS,
SEM EGOÍSMO OS ELOS SERIAM REATADOS,E,
RESGATARÍAMOS A ALIANÇA DE AMOR E SALVAÇÃO...

É UM SONHO QUE SONHO,É UM SONHO QUE VIVO,
É UMA SEMENTE QUE PLANTO TODOS OS DIAS DA VIDA
É UM CANTO QUE SANGRA NUMA CANÇÃO
PARA NINAR A PAZ!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

AUTO-AUTOPSICOGRAFIA


AOS 'EUS' DE FERNANDO PESSOA
OLHAR DE ESFINGE
UM TANTO DISPLICENTE
COM O QUAL O POETA FINGE
AINDA QUE NADA INVENTE

METÁFORAS NA GARGANTA
POESIA QUE A VOZ ENTOA
SENTIR O QUE O POETA CANTA
O BATER ASAS A MENTE VOA

PÉS NO CHÃO,FINCADOS
PANORÂMICAS OUTRAS DIMENSÕES
VOAR SOBRE O MUNDO INVENTADO
PLANAR SIGNOS,POESIAS,CANÇÕES.

ANDRÉ LUIZ GABRIEL

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

POSSO TER DEFEITOS


Posso ter defeitos,

viver ansioso

e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que minha vida

é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar

que ela vá a falência.

Ser feliz

é reconhecer

que vale a pena viver

apesar de todos os desafios,

incompreensões

e períodos de crise.

Ser feliz

é deixar de ser vítima dos problemas e
se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si,

mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da sua alma .

É agradecer a Deus a cada manhã

pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo

dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem

para ouvir um 'não'.

É ter segurança

para receber uma crítica,

mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas,

um dia vou construir um castelo...



(Fernando Pessoa)

MÊS DE OUTUBRO COM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL NA CASA DE CULTURA DE JAGUARÃO,TODA DEDICADA A CRIANÇADA!,CONFIRA!! E PARTICIPE!!


Quarta-feira
Dia 13/10 – 14hs – Oficina de Teatro
Prof.ª Marta Garcia
Faixa etária – 10 a 12 anos
25 vagas

Quinta-feira
Dia 14/10
14hs - Cineclubinho

Terça-feira
Dia 19/10
14hs – Histórias inventadas: uma possibilidade de brincadeira.
Prof. Jarbas Parise Moscato
Liese Kolton
25 vagas
Faixa etária:6 a 8 anos

Quarta-feira
20/10
15hs – Oficina de Dança
Profa. Rose Bombom
25 vagas

Quinta-feira
Dia 21/11
14hs - Cineclubinho

Terça-feira
Dia 26/10
Oficina de Musicalização
Faixa etária:
14 às 15:30hs - para crianças de 5 a 7 anos
16 às 17:30hs – para crianças de 8 a 10 anos
Ministrante: Boró

Quinta-feira
Dia 28/10
14hs - Cineclubinho



* Para participar das atividades deve ser realizada inscrição prévia

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

CORAÇÃO DE ESTUDANTE ( MILTON NASCIMENTO)

Quero falar de uma coisa
Adivinha onde ela anda
Deve estar dentro do peito
Ou caminha pelo ar
Pode estar aqui do lado
Bem mais perto que pensamos
A folha da juventude
É o nome certo desse amor

Já podaram seus momentos
Desviaram seu destino
Seu sorriso de menino
Quantas vezes se escondeu
Mas renova-se a esperança
Nova aurora, cada dia
E há que se cuidar do broto
Pra que a vida nos dê
Flor flor o o e fruto

Coração de estudante
Há que se cuidar da vida
Há que se cuidar do mundo
Tomar conta da amizade
Alegria e muito sonho
Espalhados no caminho
Verdes, planta e sentimento
Folhas, coração,
Juventude e fé.