sábado, 22 de janeiro de 2011

POEMA ESTRELADO


Colhi estrelas do céu

Para os teus cabelos enfeitar

Para o teu sorriso iluminar

E teus lábios azulejar

Recolhi o brilho de estrelas de todo lugar

Estrelas que se enamoram

Agarradinhas ao luar

Estrelas que adormecem no mar

Estrelas que vejo em teu olhar

Estrelas que sonhos vi germinar

Encontrei estrelas aqui e acolá

Estrelas caídas ao chão

Estrelas de cá e de lá

Estrelas que cabem na tua mão

Estrelas de brilho intenso

Pequenos pontos reluzentes

No teu universo imenso

Encontrei estrelas no teu pensamento

Estrelas maduras ou que duram só um momento

Brilhantes que explodem ao vento

Estrelas são sentimentos

Sentimentos são estrelas

Espelhos luminosos de amor

Que eternizam nossos momentos



ÚRSULA AVENER

Nenhum comentário:

Postar um comentário