Seguidores

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O BAILE!


SE JUNTO DE MIM TE VEJO
ABRE-TE A BOCA UM BOCEJO,
SÓ PELO BAILE SUSPIRAS!
DEIXAS AMOR-PELAS GALAS,
E VAES OUVIR PELAS SALAS
ESSAS DOURADAS MENTIRAS!

TENS RAZÃO! MAIS VALEM RISOS
FINGIDOS, D'ESSES NARCIZOS
-BONECOS QUE A MODA ENFEITA-
DO QUE A VOZ SINCERA E RUDE
DE QUEM, PRESANDO A VIRTUDE,
OS ATAVIOS REJEITA.

TENS RAZÃO!-WALSA, DONZELLA,
A MOCIDADE É TÃO BELLA,
E A VIDA DURA TÃO POUCO!
NO BORBORINHO DAS SALAS,
CERCADA DE AMOR E GALAS,
SÊ TU FELIZ-EU SOU LOUCO!

E QUANDO EU SEJA DORMIDO
SEM LUZ, SEM VOZ, SEM GEMIDO,
NO SOMNO QUE A DÔR CONFORTA;
AO CONCERTAR TUAS TRANÇAS
NO MEIO DAS CONTRADANÇAS
DIZ TU SORRINDO:-"QU'IMPORTA?....

"ERA UM LOUCO, EM NOITES BELLAS
"VINHA FITAR AS ESTRELLAS
"NAS PRAIAS, CO'A FRONTE NUA!
"CHORAVA CANÇÕES SENTIDAS
"E FICAVA HORAS PERDIDAS
"SÓSINHO, MIRANDO A LUA!

"TREMIA QUANDO FALLAVA
"E-POBRE TONTO-CHAMAVA
"O BAILE-ALEGRIAS FALSAS!
"-EU GOSTO MAIS D'ESSAS FALLAS
"QUE ME MURMURAM NAS SALAS
"NO RITORNELLO DAS WALSAS.-"

TENS RAZÃO!-WALSA, DONZELLA,
A MOCIDADE É TÃO BELLA
E A VIDA DURA TÃO POUCO!
P'RA QUE FEZ DEUS AS MULHERES?
P'RA QUE HA NA VIDA PRAZERES?
TU TENS RAZÃO...EU SOU LOUCO!

SIM, WALSA, É DOCE A ALEGRIA,
MAS AI! QUE EU NÃO VEJA UM DIA
NO MEIO DE TANTAS GALAS-
DOS PRAZERES NA VERTIGEM,
A TUA CORÔA DE VIRGEM
ROLANDO NO PÓ DAS SALAS!...

CASIMIRO DE ABREU- AS PRIMAVERAS - COLLECÇÃO BENJAMIM COSTALLAT-1932

Nenhum comentário:

Postar um comentário